quarta-feira, 29 de janeiro de 2014 11 comentários

Carapaus assados com batatas

Aqui à uns tempos encontrei no Continente estes carapauzinhos à venda, bastante baratos. Achei-os muito pequenos para grelhar, mas para fritar eram grandes demais, então resolvi trazer para fazer assados no forno. Os carapaus em si são muito bons, até gostei, mas tinham tanta espinha, mas tanta espinha, que eu acho que tão depressa não me meto noutra! Ah Ah Ah… Acabou por ser uma receita bem rápida de se fazer, mas que demorou uma eternidade a ser devorada! :P
Seja como for, fica a sugestão, em que,  mais uma vez utilizei alguns dos produtos que me foram oferecidos pela Suldouro.


Carapaus assados com batatas Carapaus assados com batatas-empratado  
Ingredientes:

2 embalagens de carapaus amanhados (10)
1 colher (sopa) de alho granulado da Suldouro
100 ml de vinho branco
50 ml de azeite
Sal  q.b.
Pimenta preta moída da Suldouro q.b.
Batatinhas para assar
Água q.b.

Modo de preparação:

Coloque os carapaus e as batatas descascadas num tabuleiro de ir ao forno. Adicione os restantes ingredientes e leve ao forno a 180ºC, por cerca de 30 minutos.
Sirva de seguida.

Os produtos que utilizei nesta receita:

Carapaus assados com batatas-parceria 

Bom apetite!

Print Friendly and PDF
segunda-feira, 27 de janeiro de 2014 7 comentários

Bolo mármore com crumble de chocolate

Uma das prendinhas que o meu marido me deu no Natal e que eu adorei (já ao tempo que lho andava a pedir) foi o livro Cake da Rachel Allen. Eu sei que há muita gente que não gosta dela (não sei bem porquê), mas eu adoro-a, principalmente os bolinhos que ela faz, é quase estilo Nigella ambas têm bolos e sobremesas excelentes! Assim que comecei a folhear o livro, comecei logo a marcar os bolinhos que queria experimentar (foi um pouco do estilo, hum tenho de fazer este, e este também , ah e este, e este,  e este…).
Lá resolvi então que este seria a primeira vitima a ser testada e porquê?  Porque a minha querida amiga Leonor,  que já tive o prazer de conhecer pessoalmente e posso dizer que é uma delicia de pessoa, fez este mês (no dia 19) um aninho de blogue
Na cozinha da Leonor e fez um convite para participarmos no seu passatempo do 1º ano do blogue. Claro que não podia deixar passar, não pelo prémio em si, mas pelo carinho que ganhei por esta menina!
Ora então, para uma pessoa maravilhosa, só mesmo um bolinho maravilhoso, e acreditem que estava mesmo! ;)
Aqui fica a receitinha:

Bolo mármore com crumble de chocolate Bolo mármore com crumble de chocolate-perto
Ingredientes:
225 g de manteiga amolecida, mais um pouco para untar
225 g de açúcar
4 ovos
1 colher de extracto de baunilha (usei aroma)
225 g de farinha
2 colheres (sopa) de fermento
50 ml de leite
25 g de cacau em pó
Açúcar em pó para peneirar ( não usei)

Para o crumble:

125 g de farinha peneirada
75 g de açúcar
75 g de manteiga fria e cortada em pedaços
75 g de chocolate preto ou de leite em pepitas ou cortados grosseiramente em pedaços

Modo de preparação:

Comece pelo crumble. Utilizando os seus dedos misture bem a farinha, o açúcar e a manteiga numa taça grande, até que fique parecido com migalhas de pão. Acrescente depois os pedaços de chocolate e misture. Guarde no frigorífico enquanto faz o bolo.
Pré aqueça o forno a 180ºC e unte uma forma de mola com 23 cm de diâmetro (eu coloquei papel vegetal no fundo para se tornar mais fácil desenformar o bolo no final).
Bata a manteiga até ficar com um creme (pode utilizar o processador de cozinha). Adicione o açúcar e bata até que fique com uma mistura leve e fôfa.
Num recipiente à parte misture bem os ovos e a baunilha por alguns segundos e vá adicionando a pouco e pouco à mistura de manteiga e açúcar, batendo sempre.
Peneire a farinha e o fermento e misture gentilmente. Acrescente por fim o leite mexendo suavemente,  sem bater, até que fique bem misturado.
Coloque metade da massa noutro recipiente e adicione-lhe o cacau em pó peneirado, misture bem.
Coloque as massas alternadas na forma com uma colher e com a ajuda de um palito desenhe círculos em toda a massa de forma a “marmorizá-la”, mas não demais senão não fica com o efeito mármore desejado.
Polvilhe todo o bolo por igual com o crumble de chocolate e coza por cerca de 50-60 minutos ou até que o crumble fique dourado e, quando espetar o palito no centro do bolo, este saia limpo.
Retire do forno e deixe arrefecer na forma por 10 minutos.
Para desenformar, passe com uma faca em toda a volta do bolo, abra a forma e deslize o bolo para um prato.
Se conseguir, ao desenformar, agarre no bolo com uma mão e cuidadosamente retire o papel vegetal até meio, depois segure-o com a outra mão e retire o restante papel, que foi o que eu fiz.
Polvilhe o bolo com açúcar em pó (eu como não tinha não pús).
Bolo mármore com crumble de chocolate-fatias Bolo mármore com crumble de chocolate-fatias perto
Bom apetite!

Minha querida Leonocas, os meus parabéns pelo primeiro aniversário do teu blogue e que venham muitos mais cheios de coisinhas maravilhosas como só tu sabes fazer! ;)
Beijocas.
Print Friendly and PDF
sexta-feira, 24 de janeiro de 2014 5 comentários

Lombo de porco estufado com mostarda e especiarias

Agora com o frio que se faz sentir, são estes pratos que nos deixam satisfeitos e de coração quente! Com a ajuda da Paladin e da Suldouro saiu mais um improviso delicioso, para o jantar de uma destas noites.
Fiz assim:


Lombo de porco estufado com especiarias

Ingredientes:

1 pedaço de  lombo de porco
1/2 caldo de carne
100 ml de polpa de tomate
1 colher (sopa) de massa de alho
10 ml de vinho tinto
50 ml de azeite
1 colher (sopa) de mostarda da Paladin
4 cravinhos da Suldouro
Noz moscada ralada na hora da Suldouro
1 colher (sobremesa) de pimentão doce da Suldouro
5 pimenta q.b. da Suldouro
Sal q.b.

Modo de preparação:

Coloque o lombo no tacho de pressão seguido dos restantes ingredientes, acrescente um pouco de água, tape e leve ao lume a cozinhar por cerca de 40 minutos. Findo esse tempo abra o tacho e rectifique os temperos. Corte o lombo em fatias e sirva.
Eu servi com esparguete.

Os produtos que utilizei nesta receita:

Lombo de porco estufado com especiarias-parcerias

Bom apetite e bom fim de semana!

Print Friendly and PDF
quarta-feira, 22 de janeiro de 2014 5 comentários

Costeletas do lombo com cogumelos na frigideira

Mais um improviso que saiu da minha cozinha, desta vez utilizei produtos que me foram gentilmente oferecidos pela Suldouro e pela Paladin. Ficaram umas costeletas bem diferentes, mas muito saborosas, nós adorámos!
Fiz assim:


Costoletas do lombo com cogumelos na frigideira Costoletas do lombo com cogumelos na frigideira-perto

Ingredientes:

8 costeletas do lombo
1 colher (sopa) de alho granulado da Suldouro 
100 g de margarina
50 ml de azeite
50 ml de vinho branco
2 folhas de louro da Suldouro
1 lata de cogumelos inteiros
2 colheres (sopa) de vinagre de fruta com frutos vermelhos da Paladin
1 colher (sobremesa) de tomilho da Suldouro
5 pimentas da Suldouro q.b.
Sal q.b.

Modo de preparação:

Numa frigideira coloque o azeite e os cogumelos escorridos e deixe fritar até que ganhem um pouco de cor. Adicione então as costeletas seguidas dos restantes ingredientes e deixe cozinhar até que as costeletas fiquem bem passadas.
Eu servi com esparguete.

Costoletas do lombo com cogumelos na frigideira-empratado 

Bom apetite!

Print Friendly and PDF
segunda-feira, 20 de janeiro de 2014 13 comentários

Bolo de marroquina e amêndoa

Mais um bolinho retirado do meu livro 101 Cakes & Bakes e mais um que foi aprovadissimo, na receita original leva laranja, mas como não tinha na altura, coloquei marroquinas. Fiz este bolo para mais um almoço em família e todos adoraram!
Aqui fica então a receitinha:


Bolo de marroquina e amêndoaBolo de marroquina e amêndoa-perto 

Ingredientes:

2 marroquinas grandinhas
175 g de margarina amolecida
175 g de açúcar mascavado
3 ovos
175 g de farinha com fermento
1/2 colher (sopa) de bicarbonato de sódio
50 g de amêndoas picadas
Açúcar em pó para enfeitar

Modo de preparação:

Pré  aqueça o forno a 190º C. Unte e enfarinhe uma forma redonda funda de 23 cm. 
Descasque as marroquinas e retire-lhes os caroços ( no livro utilizam a laranja com a casca, mas eu não pus a casca porque não gosto) e desfaça-as no processador de cozinha até ficar com um puré. Acrescente a margarina, o açúcar, os ovos, a farinha e o bicarbonato de sódio e triture por 10 segundos, até que fique uma massa macia. Deite na forma e alise o topo.
Coza por 25-30 minutos, até que o bolo cresça e fique dourado.
Deixe arrefecer na forma durante 5 minutos e desenforme para cima de uma rede.
Polvilhe com açúcar em pó antes de servir.

Bolo de marroquina e amêndoa-fatia 

Bom apetite!

Print Friendly and PDF
sexta-feira, 17 de janeiro de 2014 10 comentários

Coroa de lulas

Este é um prato que a minha sogra costuma fazer algumas vezes e que o meu homem adora. Então lá fui eu pedir à sogrinha se me “emprestava” a receita para eu experimentar fazer cá em casa. Ela lá ma “emprestou” e aqui está o resultado.
Não ficou bem igual à dela, porque para além de outros pormenores, ela tinha um pequeno truque que se esqueceu de me indicar, o qual eu vos vou explicar no final da receita, mas comeu-se na mesma! :)
Aproveitei para utilizar produtos que me foram gentilmente oferecidos pela Paladin e pela Orivárzea.
Aqui fica a receita então:

Coroa de lulasCoroa de lulas- perto

Ingredientes:

1kg de lulas
3 colheres (sopa) de óleo
1 cebola grande
1 colher (sopa) de farinha
1 kg de tomate maduro (usei polpa de tomate, cerca de 250 g)
2 dentes de alho
1,5 dl de vinho branco
3 colheres (sopa) de natas
1 colher (sopa) de whisky
Salsa picada q.b.
Sal q.b.
Piri piri com limão sacana da Paladin

Para o arroz:

2 chávenas de arroz agulha Bom Sucesso
4 chávenas de água
1/2 caldo de galinha
1 colher (sopa) de margarina
Sal q.b.

Modo de preparação:

Corte as lulas em argolas, lave-as e escorra-as bem.
Aqueça o óleo num tacho e deixe alourar as lulas, junte a cebola picada e deixe cozer. Polvilhe com a farinha, mexa para envolver e adicione o vinho branco e o tomate, sem pele, sem sementes e reduzido a puré (usei polpa de tomate).
Junte a seguir os dentes de alho bem esmagados (eu piquei bem picadinhos) e tempere com o sal e o piri piri ( se preferir pode usar pimenta) e, depois de tapar o recipiente, deixe ferver até as lulas ficarem macias.
Já na altura de servir, junte as natas bem misturadas com o whisky.

Para o arroz: Coloque a água num tacho juntamente com o caldo de galinha, a margarina e tempere de sal. Assim que começar a ferver adicione o arroz, mexa bem e deixe cozinhar.

Numa forma de buraco coloque o arroz e desenforme para um prato, formando assim uma coroa. No centro desta coloque o preparado de lulas. Polvilhe com a salsa picada.

Coroa de lulas-empratado

Os pormenores:

1- Na receita havia um erro, mencionava o vinho branco nos ingredientes, mas depois na confecção não aparecia, eu não reparei, logo não o coloquei e daí o meu molho ter ficado mais grosso do que devia.
2- A minha sogra em vez de colocar o alho e a cebola como vem mencionado na receita, faz um refogado logo no inicio e aí está a diferença, o meu ficou a saber um pouco ao alho cru, porque as lulas (como eram pequenas) cozinharam rápidamente logo no inicio e depois já não foi preciso estar muito tempo ao lume até amaciarem, resultado, o alho não cozinhou como devia.
3- Quando coloquei o preparado das lulas no centro da coroa fiquei admirada porque não me cabia lá o preparado todo (pensava eu que era suposto caber) e então coloquei o resto à volta. Quando perguntei à minha sogra como fazia, ela disse-me que o resto simplesmente ficava no tacho mesmo…ah ah ah ah!
Agora cada um que faça como bem entender! ;)

Bom apetite e bom fim de semana!

Print Friendly and PDF
quarta-feira, 15 de janeiro de 2014 8 comentários

Esparguete com molho de carne grelhada (aproveitamentos)

Mais um aproveitamento que resultou numa refeição maravilhosa. Tinha aqui umas entremeadas grelhadas que, como eram poucas, não chegavam para os dois, então lá pus a cabeça a funcionar e isto foi o que saiu! Mais uma vez contei com a ajuda dos produtos da Suldouro que, até ver, me têm agradado bastante! :)
Fiz assim:

Esparguete com molho de carne grelhadaEsparguete com molho de carne grelhada-perto

Ingredientes:

4 entremeadas grelhadas cortadas em pedaços (podem utilizar qualquer outra carne que tenham)
50 ml de azeite
1/2 caldo de carne
1 colher (sobremesa) de alho granulado da Suldouro
50 ml de polpa de tomate
50 ml de vinho tinto
Sal q.b.
Pimenta branca moída da Suldouro q.b.
5 folhas de mangericão picadas
1 colher (sopa) de farinha
60 ml de leite
Queijo parmesão ralado q.b.
Esparguete cozido q.b.

Modo de preparação:

Num tacho coloque o azeite, o caldo de carne, o alho e leve ao lume até que o caldo se desfaça. Acrescente então a polpa de tomate, a entremeada, o vinho e tempere de sal e pimenta a gosto. Deixe refogar um pouco. Polvilhe o molho com a farinha, mexa para que se misture bem e regue lentamente com o leite, mexendo sempre (se achar que fica um molho muito grosso pode deitar mais um pouco de leite). Deite-lhe o mangericão e misture, adicione por fim o esparguete ao molho, envolva tudo muito bem e coloque num prato de servir. Polvilhe com o queijo parmesão e enfeite com mangericão a gosto.

Bom apetite!

Print Friendly and PDF
segunda-feira, 13 de janeiro de 2014 16 comentários

Pães de alho e queijo caseiros

Há uns tempos decidi experimentar fazer pão de alho em casa, tanto eu como o meu marido adoramos, mas nunca tinha pensado em os fazer. E desde que os comecei a fazer, acreditem, que nunca mais os que comia por fora me souberam tão bem! O que é caseiro é realmente melhor não haja dúvidas! :)
O que é bom em os fazer em casa é que os podem fazer ao vosso gosto, com o pão que quiserem, com as ervas que preferirem, com bacon, com cogumelos, com mais ou menos queijo, eu sei lá, basta terem um pouco de imaginação e acreditem que saem sempre bem! ;)
Estes que fiz levaram orégãos que me foram gentilmente oferecidos pela Suldouro e ficaram divinais!
Aproveito e levo esta entrada para a festa da
Telita que completa 38 primaveras no dia 22 de Janeiro e me convidou para me juntar à festa! Espero que gostes querida! ;)
Então fiz assim:

Pães de alho caseirosPães de alho caseiros-pertodesafio de aniversario 2014

Ingredientes:

2 baguetes médias
2 dentes de alho
2 colheres (sopa) de margarina
100 ml de azeite
Orégãos da Suldouro q.b.
Queijo mozzarella ralado q.b.

Modo de preparação:

Corte as baguetes ao meio e coloque num tabuleiro de ir ao forno.
Numa frigideira coloque o azeite, a margarina, os alhos bem picadinhos e os orégãos. Leve ao lume até que tudo se misture bem e os alhos cozinhem um pouco.
Regue as metades das baguetes com este preparado, polvilhe com o queijo e leve ao forno a 180ºC até que fiquem douradinhas por cima.
Retire e sirva como entrada.

Pão de alho caseiro

Bom apetite!

Print Friendly and PDF
quinta-feira, 9 de janeiro de 2014 13 comentários

Rolos de canela (cinnamom rolls) e caramelo de nozes pecans

Vi uma vez uma receita deste género num programa do Food Network, o Diners drive ins and dives e fiquei com ela fisgada para a fazer, mas o problema era que não encontrava as benditas pecans em lado nenhum. No fim de semana antes da passagem de ano fui ao mercado e até fiquei surpreendida quando lá as encontrei, fiquei toda contente, trouxe logo com a ideia de a fazer para a passagem de ano. Segundo problema, quando fui procurar pela receita do programa na net, a que encontrei nada tinha a ver com a que vi no programa… lá fui eu ver se conseguia encontrar alguma que se parecesse com a do programa… nada!
Acabei por fazer uma junção de duas receitas, a do programa (pelo menos o que eu me lembrava) e esta que encontrei
aqui. O resultado não podia ser melhor, ficou uma verdadeira tentação, simplesmente adorámos e então quentinho acabado de fazer… hummm!! Fantástico mesmo, só de pensar já me apetece comer… hi hi hi!! Mais uma vez utilizei um dos excelentes produtos que me foi gentilmente oferecido pela Suldouro.
Então fiz assim:

Rolos de canela e caramelo de nozes pecãsRolos de canela e caramelo de nozes pecãs-ParceriaRolos de canela e caramelo de nozes pecãs-ladoRolos de canela e caramelo de nozes pecãs-lateral perto

Ingredientes:

1 colher (sopa) de fermento de padeiro
1/3 chávena de leite
1/8 chávena de açúcar
2 ovos
2 1/4 chávenas de farinha sem fermento
1/2 colher (sobremesa) de sal
6 colheres (sopa) de margarina amolecida

Para o caramelo:

3 colheres (sopa) de margarina derretida
1/2 chávena de açúcar amarelo
1 chávena de nozes pecans partidas

Para rechear:

2 colheres (sopa) de margarina à temperatura ambiente
1/2 chávena de açúcar amarelo
3 colheres (sopa) de canela moída da Suldouro

Modo de preparação:

Dissolva o fermento no leite morno e deixe ficar por 10 minutos.
Num recipiente à parte misture o açúcar, os ovos, a farinha e o sal (pode usar a batedeira se preferir). Acrescente a mistura de fermento e amasse até que fique tudo bem misturado. Adicione a manteiga e amasse por mais 5 a 7 minutos. Forme uma bola e deixe-a levedar num recipiente coberto com película aderente durante 1 1/2 a 2 horas (tem de dobrar de tamanho).
Unte uma forma redonda com manteiga e reserve (eu coloquei papel vegetal no fundo para ter a certeza que não pegava).
Misture a margarina derretida com o açúcar e as pecans e coloque no fundo da forma.
Coloque a massa numa superfície enfarinhada e estenda-a na forma de um rectângulo com 20 cm x 36 cm.
Pincele a massa com a margarina à temperatura ambiente, polvilhe tudo com o açúcar amarelo e depois com a canela. Enrole o rectângulo de massa como se fosse uma torta. Com uma faca afiada corte 7 rolos e coloque-os na forma por cima do preparado anterior. Tape com película aderente e deixe levedar novamente por cerca de 1 hora.

Rolos de canela e caramelo de nozes pecãs-formaRolos de canela e caramelo de nozes pecãs-forma cobertaRolos de canela e caramelo de nozes pecãs-levedados

Leve ao forno pré-aquecido a 180ºC por cerca de 35-40 minutos.

Rolos de canela e caramelo de nozes pecãs-cozidos

Deixe arrefecer na forma por cerca de 5 minutos antes de desenformar.

Rolos de canela e caramelo de nozes pecãs-fatiaRolos de canela e caramelo de nozes pecãs-fatia pertoRolos de canela e caramelo de nozes pecãs-fatia partida

Bom apetite!

Print Friendly and PDF
terça-feira, 7 de janeiro de 2014 7 comentários

Patê de atum e delícias do mar

Esta foi a entrada para um jantar a dois na passagem de ano. É verdade a passagem este ano foi a dois, mas não foi por isso que não se fez festa na mesma, com direito a tudo o que é bom! Eh Eh… 
Começámos com este paté que foi temperado com a ajuda da Paladin e que ficou para lá de bom. Uma excelente maneira de começar a refeição! :)
Fiz assim:

Patê de atum e delícias do marPatê de atum e delícias do mar-perto

Ingredientes:

1 lata de atum
8 delicias do mar
1 ovo cozido
2 colheres (sopa) de pickles
2 colheres (sopa) de mostarda da Paladin
2 colheres (sopa) de molho de azeitonas e orégãos da Paladin

Modo de preparação:

Num recipiente colocam-se todos os ingredientes e tritura-se a gosto, se quiser pode deixar ficar com pedacinhos ou então triturar mesmo até ficar com uma pasta.
Sirva com tostas a acompanhar.

Bom apetite!

Print Friendly and PDF
sexta-feira, 3 de janeiro de 2014 7 comentários

Tarte de noz

Mais uma receita que fez parte da mesa de consoada. Como tinha muitas nozes resolvi ver se encontrava algo diferente onde pudesse utilizá-las. Encontrei bastantes com muito bom aspecto, mas acabei por fazer uma mais ao meu gosto. O resultado foi uma tarte cremosa, rápida de fazer e deliciosa, nós adorámos!
Fiz assim:

Tarte de noz e melTarte de noz e mel-ladoTarte de noz e mel-perto

Ingredientes:

1 base de massa quebrada
200 g de açúcar amarelo
200 g de nozes moídas
3 ovos
2 pacotes de natas (4oo ml)
Metades de nozes para enfeitar

Modo de preparação:

Pré-aqueça o forno a 180ºC. Unte uma forma de fundo amovível e coloque nela a massa, faça uns furos com a ajuda de um garfo e reserve.
Numa panela misture as natas com o açúcar e leve ao lume até que o açúcar dissolva, acrescente então as nozes e deixe ferver. Retire do lume e acrescente os ovos batidos, mexendo sempre. Coloque o preparado na forma, enfeite com as metades de nozes e leve ao forno por cerca de 30 minutos.
Depois de cozida deixe arrefecer um pouco antes de desenformar.

Tarte de noz e mel-partida

Bom apetite e bom fim de semana!

Print Friendly and PDF

Número total de visualizações de página

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
;